Saída pela lateral: ala direita sofre com “maldição” e mina opções do Botafogo

montagem-botafogo-lateral

Centroavantes, atacantes de lado, zagueiros… No início do ano eram essas as prioridades do Botafogo no mercado. Com fartura, a lateral direita não preocupava. Afinal, além da contratação de Jonas, Luis Ricardo tinha volta prevista na pré-temporada, e a renovação de Alemão estava apalavrada. Uma sucessão de fatos, no entanto, acendeu o sinal de alerta. Até Marcelo, que vinha sendo improvisado, não está mais à disposição para os próximos jogos. 

Seria a maldição da camisa 4? Luis Ricardo não se recuperou, Jonas e Marcelo se lesionaram e Alemão, após impasse na negociação, acabou se transferindo para o Internacional. Hoje, para a sequência da Libertadores e do Carioca, o técnico Jair Ventura conta apenas com o jovem Marcinho para a posição. Outra opção seria improvisar Fernandes no setor. O volante treinou na lateral na última sexta-feira. 

Luis Ricardo
Uma fratura no tornozelo esquerdo no início de setembro o tirou da reta final do Campeonato Brasileiro. A expectativa era que ele retornasse ao treinos na pré-temporada. No entanto, devido a um incômodo na região, o lateral precisou passar por nova cirurgia para raspagem de parte do osso operado. Em fase final de recuperação, Luis Ricardo não foi inscrito na fase de grupos da Libertadores. 

Luis Ricardo Botafogo (Foto: Andre Durão)Luis Ricardo fraturou o tornozelo em setembro e desde então não jogou pelo Alvinegro (Foto: Andre Durão)

Jonas
Apesar de alternar boas e más atuações, Jonas vinha sendo a solução para o setor. Contratado em dezembro após bom Campeonato Brasileiro pelo América-MG, o lateral foi titular de Jair Ventura desde o início da temporada. Contra o Volta Redonda, há 10 dias, rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo. O prazo mínimo de recuperação é de seis meses, e Jonas corre o risco de não jogar mais nesta temporada. 

Marcelo
Após encantar como zagueiro nos primeiros jogos da Pré-Libertadores, o jovem de 21 anos vinha sendo improvisado na lateral na ausência de Jonas. Foi assim contra Olimpia-PAR e Estudiantes-ARG. No entanto, no treino da última sexta-feira, Marcelo sofreu uma lesão muscular na coxa e deve ficar afastado por 30 dias. O defensor corre o risco de desfalcar o Botafogo no próximo jogo da Libertadores, contra o Atlético Nacional-COL, em 13 de abril.

Marcelo, Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Marcelo se machucou na sexta e deve ficar um mês fora (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Alemão
Esse sequer iniciou a temporada. Após acertar verbalmente sua renovação com o Botafogo, Alemão e Botafogo discordaram sobre os valores salariais na véspera da reapresentação, e o lateral acabou se transferindo para o Inter. No ano passado ele deu conta do recado na ausência de Luis Ricardo, mas também sofreu com a “maldição” da camisa 4. Atingido por Zé Roberto na reta final, Alemão machucou o tornozelo e ficou fora por duas semanas. Curiosamente, o lateral do Palmeiras já havia lesionado gravemente outro lateral-direito do Botafogo: Lucas, hoje no Fluminense, ficou seis meses sem jogar em 2013 por conta de um carrinho de Zé Roberto, que na época defendia o Grêmio. 

Diego
Titular com Ricardo Gomes no início do Campeonato Carioca do ano passado, Diego perdeu espaço com a contratação de Alemão e foi emprestado em janeiro ao Chiapas, do México, até o fim do ano. Com contrato até dezembro, o lateral não deve retornar ao Botafogo.

Opções de Jair
Marcinho, 20 anos, seria a opção natural, mas Jair Ventura já deu indícios de que pode improvisar. Antes de se machucar, Marcelo vinha exercendo a função. No treino de sexta, Fernandes atuou como lateral e deve ser o escolhido para enfrentar o Vasco. Bruno Silva e Emerson Santos também já fizeram “bico” no setor. O zagueiro, no entanto, não está inscrito no Campeonato Carioca. Diante do cenário, é muito provável que o Alvinegro busque um jogador para a posição para o Campeonato Brasileiro. 

Fonte: GE

Sobre o autor