#Libertadores: tudo o que você precisa saber sobre Botafogo x Nacional-URU

É notório que o Botafogo vem escrevendo uma trajetória bonita em 2017. Nesta quinta-feira, no entanto, o time entra em campo para fincar seu nome na história do clube. Com a previsão de um Nilton Santos abarrotado – todos os ingressos destinados à torcida alvinegra foram vendidos -, o Glorioso joga contra o Nacional-URU, às 19h15, para voltar após 44 anos às quartas de final da Libertadores.

Não vale taça, mas não dá para tratar como uma partida qualquer. O Botafogo e seus jogadores vêm vivendo uma atmosfera especial com a torcida em 2017. E a Libertadores é o carro chefe. Seguir na competição é a certeza de que a chama continuará acesa. Quem avançar pega o Grêmio na próxima fase.

A missão é simples? Não, é duríssima. Sobra tradição ao Nacional, tricampeão da Libertadores. Porém, a vantagem construída em Montevidéu é boa. Por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, o Alvinegro avança com um empate, por exemplo. Jair Ventura, entretanto, avisou que o regulamento só será usado, em caso de necessidade, nos minutos finais.

Transmissão: SporTV (com Julio Oliveira e Ricardo Rocha)

 
 (Foto: Infografia )

(Foto: Infografia )

Botafogo – técnico Jair Ventura

Como de costume, Jair Ventura manteve a tradição e fechou os treinos que antecederam a partida. Com as contratações de Leo Valencia e Brenner e a volta de Jefferson, o treinador ganhou opções. O treinador fez testes, mas a tendência é que o time não tenha surpresas. 

Em relação à equipe que venceu em Montevidéu, Luis Ricardo e Igor Rabello serão as únicas novidades. Eles substituem Arnaldo e Emerson Silva, respetivamente. Emerson Santos, que poderia ser outra opção para a lateral, sequer foi relacionado. Mesmo com Jefferson à disposição, Gatito segue no gol.

Quem está fora: Arnaldo (entregue à preparação física); Airton, Jonas e Marcinho (departamento médico)

 
Campinho Botafogo x Nacional (Foto: GloboEsporte.com)

Campinho Botafogo x Nacional (Foto: GloboEsporte.com)

Nacional – técnico Martín Lasarte

Assim como o Botafogo, o Nacional terá poucas mudanças em relação ao jogo de ida, mas com o diferencial do retorno de seu principal jogador: o artilheiro Aguirre, que tem causado preocupação a Jair Ventura. Além do atacante, Arismendi herda a vaga de Santiago Romero no meio, e Agustín Rogel entra no lugar de Rafael García na zaga. A única dúvida é se o técnico vai com Carballo ou Rodríguez de volante.

Quem está fora: Martín Ligüera está lesionado. O trio de reforços formado pelo zagueiro Erick Cabaco, o lateral-direito Matías Zunino e o atacante Gonzalo Bueno foram inscritos no apagar das luzes e não vieram para o Rio.

 
 (Foto: GloboEsporte.com)

(Foto: GloboEsporte.com)

 
 
 (Foto: Infografia )

(Foto: Infografia )

O trio de arbitragem é colombiano. Wilmar Roldán apita o jogo, auxiliado por Wilmar Navarro e John Alexander Leon.

Fonte: GE

Sobre o autor