Jorge Wagner diz que atuações serão o termômetro para relação com torcida

Das vaias aos aplausos, Jorge Wagner já sentiu como será o ritmo de cobranças em apenas cinco jogos pelo Botafogo. Antes de se mostrar decisivo para a vitória por 2 a 1 sobre o Duque de Caxias, no domingo – deu passe para o gol do empate, marcado por Ferreyra, e converteu pênalti sofrido pelo argentino aos 44 do segundo tempo -, o meia ouviu algumas reclamações da torcida. Ciente da responsabilidade de vestir a camisa 10 deixada pelo holandês Seedorf, ele disse que o relacionamento de carinho com o torcedor será construído de forma natural.
Jorge-Wagner-botafogo_falaglorioso_4
– A cobrança vai sempre existir, aqui no Botafogo ou em outra equipe. Faz parte do futebol. Desde que eu cheguei, já sabia que a cobrança seria muito grande. Eu sei da minha responsabilidade dentro do grupo, e procuro encarar isso da melhor maneira possível. O relacionamento com o torcedor vai depender do nosso desempenho dentro de campo. Hoje eu tenho o carinho deles, e é apenas o início. O meu rendimento dentro de campo vai valer muito para esse relacionamento – disse Jorge Wagner.

A parceria entre Jorge Wagner e Ferreyra é vista no Botafogo como um dos trunfos para conseguir a classificação para as semifinais do Campeonato Carioca. Durante os treinamentos, Eduardo Hungaro pede insistentemente que o meia não tire os olhos do argentino.

– Nós estamos nos entrosando pouco a pouco, e isso é muito importante para a equipe. O professor cobra sempre para eu ficar de olho no Tanque, para poder colocá-lo em boas condições. Estamos no caminho certo, e o nosso objetivo é a classificação, uma vaga na semifinal do Campeonato Carioca. É uma competição importante, e eu, particularmente, gostaria muito de ser campeão, porque nunca disputei essa competição. Vai ser difícil, mas vamos pensando jogo a jogo.

Na quinta-feira, o Botafogo enfrenta o Volta Redonda, no Maracanã, às 19h30min (de Brasília). O jogo é válido pela nona rodada do Campeonato Carioca. O Alvinegro ocupa a oitava colocação, com 11 pontos, quatro a menos do que o Vasco, última equipe da zona de classificação.

Fonte: Globo.com

Sobre o autor
Editores responsáveis pelo site