Jair lamenta: ‘Não posso querer matar os jogadores, mas não vou jogar a toalha’

 

O técnico Jair Ventura lamentou a derrota nos acréscimos para o Vitória neste domingo (1º de outubro), mas afirmou que o Botafogo “segue vivo” no Campeonato Brasileiro. A equipe vencia por 2 a 1 até os 43 minutos do segundo tempo, mas levou a virada nos instantes finais e desperdiçou a chance de igualar a pontuação do Palmeiras, último time na zona de classificação para a fase de grupos da Libertadores.

“Os resultados vão dizer o nosso limite. Eu não vou jogar a toalha. A gente está vivo. Não trabalho com meta longa, trabalho jogo a jogo”, disse o treinador durante a entrevista coletiva.

“Acredito que quando perde não é hora de falar muito. A gente vai ter tempo para trabalhar. Tem treinador que gosta de falar alto, quebrar tudo, a minha maneira é um pouco diferente. Vamos analisar. Não posso querer matar os jogadores, eles que vão comigo até o fim do ano”, completou.

Fonte: UOL

Sobre o autor
EQUIPE DE REDAÇÃO.