Jair e Santos selam acordo, diz jornal paulista; Peixe negociará com o Botafogo

Jair Ventura está muito perto de ser anunciado como novo técnico do Santos. Nesta tarde, o DIÁRIO confirmou que as partes entraram em acordo no que diz respeito ao salário do novo comandante. Na Vila Belmiro, Jair receberá cerca de R$ 300 mil mensais. Inicialmente, havia pedido R$ 400 mil. Ele chegará com dois auxiliares, depois do clube ter aceitado aumentar sua ideia inicial de R$ 200 mil mensais para a parte técnica.

A tendência é que o Santos converse com o Botafogo e negocie a liberação do treinador antes de anunciá-lo. Por enquanto, o Alvinegro praiano tem apenas a palavra de Jair a seu favor. Vale lembrar que a multa rescisória do comandante botafoguense é de cerca de R$ 800 mil. Cifra alta para um cofre deficitário como o do Peixe está atualmente. Por isso, o negócio deve tardar a ser sacramentado.

“Nem o Santos nem o Jair nos procuraram. A multa dele é de R$ 800 mil. Se o Santos vier aqui e pagar, não poderemos fazer nada. Não queremos perder o Jair. O que sabemos até agora é pela imprensa. Não chegou nada”, disse ao DIÁRIO Antônio Lopes, diretor de futebol do Botafogo. O contrato de Jair com o clube vai até dezembro de 2018. “Não há, por enquanto, negociação para melhorar esse contrato. Isso é com o presidente”, completou.

Na noite da última segunda-feira (18), quando tomou posse simbólica no Memorial de Conquistas da Vila Belmiro, o novo presidente José Carlos Peres sinalizou que o anúncio do novo técnico pode demorar semanas para acontecer. Mesmo assim, não negou o perfil “jovem e sem vícios” procurado para o cargo. Justamente no qual Jair, de 38 anos, se encaixa.

“São negociações duras. Não falo em nomes, seria deselegante. Não diria (que vou anunciar) em horas, pode demorar semanas. O Santos terá faixas salariais, sem abrir mão. Primeiro o diretor executivo de futebol, o gerente de futebol, o gerente para a base, depois o técnico. O mercado não tem muitos disponíveis, mas será alguém com o perfil do Santos: comprometido, jovem, vencedor, sem vícios”, disse Peres.

No que diz respeito ao diretor executivo, a tendência é que Gustavo Vieira assuma o cargo nos próximos dias. O ex-diretor do São Paulo já vem trabalhando em nome do Santos e chegou a conversar com Jair, bem como com Carlos Leite, empresário que tem cuidado da negociação a pedido do treinador carioca.

Fonte: Diário de S. Paulo

Sobre o autor