‘Inspiração’, Cuca rasga elogios a Jair Ventura: ‘Não é promessa, é realidade’

Hoje técnico do Botafogo, Jair Ventura começou a carreira no clube em 2008, como auxiliar de preparação física, quando Cuca era o treinador. No programa “Resenha ESPN”, os dois contaram histórias do período e trocaram elogios.

– Lembro do Jair em General Severiano, entrou para nos auxiliar, pedido do Montenegro (ex-presidente) se não me engano, era muito jovem. Depois dos jogos fazíamos peladinha e eles nos ajudava muito nos jogos contra outros times. Lembro de uma ocasião, jogo decisivo com o Flamengo, levamos o Jair junto. Ele foi no meu quarto pegar camisa e foi junto conosco no ônibus. Era auxiliar de preparação física, direto de campo, mostrou capacitação. Natural, se tornou grande treinador pela qualidade que tem, pelo empenho que teve. Vem melhorando dia a dia como treinador, não é promessa, é realidade no nosso futebol. Tem apresentado grandes trabalhos no Botafogo. Desejo toda sorte do mundo, que consiga realizar sonhos e objetivos – afirmou Cuca, técnico do Palmeiras.

Jair Ventura retribuiu as palavras de apoio.

– Cuca foi meu primeiro treinador no Botafogo, cheguei para fazer estágio, estava estudando ainda. Cheguei com minha chuteirinha, tímido, era o quarto preparador físico. O que quarto preparador físico faz? Pega uma bola, um peso na academia, sai feliz porque alongou um jogador. Lembro que tinha uma semifinal ou final contra o Flamengo, todos se arrumando, falei caramba, desejei bom jogo a todos, Cuca respondeu “que isso guri, está pipocando? Pega uma camisa minha”. Entrei no ônibus, não sabia onde sentar, sentei do lado do Lucio Flavio, caraca o Lucio Flavio, chegamos no Maracanã lotado do lado dele. Cuca é o treinador mais estrategista que trabalhei, pensa muito o jogo, nos mínimos detalhes. É uma inspiração para mim. Fez grande trabalho no Botafogo, depois decolou, ganhou títulos por onde passou e é uma referência do nosso futebol – comentou Jair.

Fonte: Redação FogãoNET

Sobre o autor
EQUIPE DE REDAÇÃO.