Do 10 ao 7: saída de Seedorf aumenta força do Botafogo para buscar Forlán

Na busca por um novo ídolo e sem a despesa de R$ 700 mil mensais, clube segue com a esperança de contratar atacante uruguaio do Internacional

forlan1
Durante um ano e meio, a camisa 10 do Botafogo foi a grande referência do clube. Mas a saída de Seedorf poderá fazer o lendário 7 voltar a ser o mais procurado pelos torcedores. Com a ida do holandês para o Milan – do qual será treinador –, a diretoria alvinegra vai fortalecer sua investida por DiegoForlán. O objetivo é tentar repor rapidamente a figura do ídolo, com tudo o que vem a reboque, valendo-se também de um relativo fortalecimento financeiro causado pela saída do salário mais alto do clube.

Seedorf recebia cerca de R$ 700 mil (pagos pelo clube a cada três meses, ou seja, R$ 2,1 milhões de uma vez). Forlán recebe no Internacional quase R$ 1 milhão – um valor que inclui salário e outros pagamentos devidos. Mas o Alvinegro propôs cerca de metade dessa quantia e mesmo com a saída de Seedorf não pretende aumentar sua oferta já feita pelo uruguaio. Além disso, em breve vai oficializar a perda de Rafael Marques (salário de R$ 250 mil) para o futebol chinês.

No entanto, o Botafogo terá neste ano uma redução de cerca de R$ 20 milhões em seu orçamento para 2014, já homologado pelo Conselho Fiscal, que atinge o departamento de futebol e, assim, impede a diretoria de cometer loucuras financeiras para contratar reforços. De qualquer maneira, existe em General Severiano o consenso de que o investimento em Forlán, assim como ocorreu com Seedorf, pode ter como benefício algo mais do que contar com um jogador tecnicamente acima da média.

– O número de adesões ao programa sócio-torcedor aumentou em mais de 100% com a chegada do Seedorf. Mas falar de campanhas e avanços é pequeno diante da grandeza dele. Vai ser complicado achar um jogador desse porte. É um desafio contratar alguém que traga tudo o que ele trouxe para o Botafogo. Contratações serão feitas, mas com certeza sua chegada, permanência e saída vão abrir as portas para jogadores do quilate do Seedorf. O clube se credenciou como capaz de receber um jogador internacional com esse histórico – afirmou o presidente alvinegro Maurício Assumpção.

O Botafogo classifica como difícil, mas possível a contratação de Forlán. O jogador já tem em mãos a proposta do clube, e o Internacional tem conhecimento do interesse. Entretanto, o Alvinegro prefere aguardar as negociações do Colorado com o uruguaio, que tem questões financeiras pendentes com seu atual clube.

O Botafogo teve dificuldade para lançar produtos personalizados de Seedorf por falta de acordo financeiro com a empresa que administra a carreira do atleta. Mas a experiência de marketing em relação a Loco Abreu, por exemplo, foi considerada bem sucedida, e o clube pretende repetir a estratégia com a possível chegada de Forlán. Depois do 13 e do 10, o número da vez em General Severiano será o 7.

Fonte: Globoesporte.com

 

 

Sobre o autor
Editores responsáveis pelo site