Desespero do Botafogo vai R$ 80 a R$ 5. Entenda

Torcida do Botafogo compareceu em menor número mas estava animada
Torcida do Botafogo em Manaus, foi a última a ver uma vitória do time nas últimas rodadas do Brasileirão. (Antônio Lima)

Bateu o desespero em General Severiano, a casa do Botafogo. Com apenas 33 pontos e ocupando a 18º posição na tabela do Brasileirão, a diretoria do Fogão resolveu baixar o valor dos ingressos para a partida contra o Figueirense, na próxima quarta-feira (19), em São Januário. A medida visa atrair o apoio do torcedor do time em um dos momentos mais delicados de sua história. Prestes a ser rebaixado, o Glorioso têm de ganhar os quatros últimos jogos para continuar na Série A.

Com ingressos custando R$ 5 (a meia –entrada) o mais barato e R$ 30 a entrada mais cara, os dirigentes do Botafogo pretendem lotar o estádio do Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Depois de perder para o Atlético-PR, em Volta Redonda e para o Fluminense, no Maracanã, agora é a vez de tentar a sorte e São Januário, antes de voltar a jogar fora de casa contra Chapecoense (na Arena Condá, em Chapecó)  e Santos (na Vila Belmiro).

Desespero vai R$ 80 a R$ 5

O Botafogo parece estar sentindo saudades de Manaus. Vindo de três derrotas seguidas no Brasileirão, o último triunfo do Glorioso aconteceu justamente em sua passagem pela capital amazonense, quando venceu o Flamengo por 2 a 1, (dia 25 de outubro) na Arena da Amazônia. Na época, o torcedor botafoguense pagou no mínimo R$ 80 (meia-entrada) e chegou a desembolsar até R$ 150 (área vip).

Mesmo com maioria de flamenguistas, quem saiu rindo à toa foram os torcedores do clube da Estrela Solitária. Vale lembrar que um pouco antes, no dia 11 de outubro, o Botafogo já tinha batido outro gigante, o Corinthians. Preços à parte, quem vai pagar caro é o torcedor alvinegro, caso o time perca o jogo diante do Figueirense na quarta.

Se a máxima diz: “Exitem coisas que só acontecem com o Botafogo”, está mais do que na hora de um verdadeiro milagre acontecer. E para isso o time terá de levar à risca o que diz o hino do clube: “E hás de ser nosso imenso prazer. Tradições, aos milhões tens também.
Tu és o Glorioso. Não podes perder, perder prá ninguém”

Fonte: A critica

Sobre o autor
Editores responsáveis pelo site