Chance como titular na Colômbia faz empresário reabrir portas para Emerson renovar

2017-04-14t013956z_772644739_rc11287efb00_rtrmadp_3_soccer-libertadores_sw4cf3v

A novela envolvendo a renovação do contrato do zagueiro Emerson, de 22 anos, já dura quase um ano. Mas a oportunidade no time titular que derrotou o Atlético Nacional, na última semana, pela Libertadores, atuando improvisado na lateral direito, pode ajudar para que tudo se resolva.

– O fato de colocar o Emerson para jogar é um sinal que o Botafogo já começa a reconhecer que o jogador é importante para o grupo, para a equipe. Começa a demonstrar uma valorização do atleta. Senão, teriam improvisado um outro na lateral e levado qualquer outro para o banco – afirmou o empresário de Emerson, Jailton Oliveira, completando:

– Sempre estivemos abertos às negociações com o Botafogo, a prioridade nossa é continuar. Acho que é um casamento muito bonito para as duas partes, mas em todo casamento as partes têm que estar felizes para que seja duradouro e possa render frutos. Estamos abertos, o Emerson também, a bola está com eles. Repito, acho que está ao alcance do Botafogo. Se o Botafogo quiser ele renova. Nada que foi pedido é fora da realidade do Botafogo e tampouco fora da realidade do nível do Emerson no mercado. Eu acho que vamos chegar num acordo, que no final vai acontecer um casamento feliz para ambas as partes.

Segundo informações divulgadas em março pelo próprio Globoesporte.com, a última oferta do Botafogo para renovar por três anos com Emerson envolvia um salário inicial de R$ 100 mil, que seria acrescido ano a ano. O agente de Emerson, entretando, havia pedido um vencimento inicial de R$ 200 mil.

Fonte: Globoesporte.com

Sobre o autor