Botafogo vive “síndrome de Robin Hood” no Campeonato Brasileiro? Checamos!

“se” no futebol é um mantra das torcidas, patrimônio das mesas de bar, analgésicos para decepções… Ah, se fulano fizesse aquele gol; se sicrano tirasse aquela bola; se o juiz desse aquele pênalti… Passada a dor da eliminação do Botafogo na Libertadores, o “se” dos alvinegros no Campeonato Brasileiro remete à “síndrome de Robin Hood”: tirar pontos de quem possui muito e doar para quem pouco tem.

Lamentam-se os botafoguenses: ah, se o time não tivesse perdido tantos pontos para os adversários lá de baixo da tabela… Como por exemplo a virada sofrida para o Vitória por 3 a 2 no Nilton Santos, na rodada passada. Mas qual é o tamanho do “prejuízo”? E contra os concorrentes pelo G-6, o desempenho é positivo? Em qual posição o Alvinegro estaria se a média fosse igual para os dois casos?

 

Antes do duelo desta quarta com a Chapecoense, mais um time que luta contra o rebaixamento, o GloboEsporte.com foi atrás dos números para responder a essas perguntas. Dividimos a tabela em duas partes, dos 10 primeiros e 10 últimos, e consideramos a posição de cada adversário quando se enfrentaram. Das 26 rodadas até aqui, só não contamos a primeira porque todas as equipes começam o campeonato empatadas.

BOTAFOGO X 10 ÚLTIMOS DO BRASILEIRÃO
 
APROVEITAMENTO X VITÓRIAS X EMPATES X DERROTAS
  • Vitórias: 2

Bahia (12º lugar) 1 x 2 Botafogo
Coritiba (18º lugar) 2 x 3 Botafogo

  • Empates: 3

Vitória (18º lugar) 2 x 2 Botafogo
Atlético-PR (15º lugar) 0 x 0 Botafogo
Atlético-GO (20º lugar) 1 x 1 Botafogo

  • Derrotas: 5

Santos (16º lugar) 1 x 0 Botafogo
Botafogo 0 x 2 Avaí (20º lugar)
Botafogo 3 x 4 São Paulo (18º lugar)
Ponte Preta (14º lugar) 2 x 1 Botafogo
Botafogo 2 x 3 Vitória (16º lugar) 

  • Aproveitamento: 30%

Três das cinco derrotas foram dentro do Nilton Santos, onde o time fica com a obrigação de propor o jogo pelo mando de campo e encontra dificuldades diante de adversários fechados. Coincidentemente, suas únicas duas vitórias foram fora de casa, quando a equipe pode jogar do jeito que mais gosta, no erro do adversário e explorando contra-ataques.

BOTAFOGO X 10 PRIMEIROS DO BRASILEIRÃO
 
APROVEITAMENTO994422VITÓRIASEMPATESDERROTAS0246810
Fonte: GloboEsporte.com
  • Vitórias: 9

Botafogo 2 x 0 Ponte Preta (2º lugar)
Botafogo 1 x 0 Bahia (7º lugar)
Chapecoense 0 x 2 Botafogo (4º lugar)
Botafogo 3 x 1 Vasco (6º lugar)
Fluminense 0 x 1 Botafogo (8º lugar)
Botafogo 2 x 1 Sport (5º lugar)
Botafogo 1 x 0 Grêmio (2º lugar)
Botafogo 2 x 0 Flamengo (5º lugar)
Botafogo 2 x 0 Santos (3º lugar)

  • Empates: 4

Flamengo (10º lugar) 0 x 0 Botafogo
Botafogo 2 x 2 Coritiba (3º lugar)
Botafogo 1 x 1 Atlético-MG (8º lugar)
Cruzeiro 0 x 0 Botafogo (7º lugar)

  • Derrotas: 2

Corinthians (1º lugar) 1 x 0 Botafogo
Botafogo 1 x 2 Palmeiras (4º lugar)

  • Aproveitamento: 68,8%

O Botafogo soube usar o seu fator casa contra times que vinham com moral ao Nilton Santos para jogar, foi assim que ganhou sete dos nove triunfos. Se tivesse o mesmo aproveitamento de 68,8% contra os 10 últimos, hoje teria 52 pontos e seria vice-líder, na cola do Corinthians (55). 

BOTAFOGO X Z-4 DO BRASILEIRÃO
 
APROVEITAMENTO112222VITÓRIASEMPATESDERROTAS00,511,522,5
Fonte: GloboEsporte.com

Vitórias: 1

Coritiba (18º lugar) 2 x 3 Botafogo

Empates: 2

Vitória (18º lugar) 2 x 2 Botafogo
Atlético-GO (20º lugar) 1 x 1 Botafogo

Derrotas: 2

Botafogo 0 x 2 Avaí (20º lugar)
Botafogo 3 x 4 São Paulo (18º lugar)

Aproveitamento:
 33,3%

Considerando só os times que estavam na zona de rebaixamento quando o Botafogo os enfrentou, foram apenas cinco jogos, e o desempenho continuou muito ruim. Para desespero de sua torcida, as duas derrotas sofridas para essas equipes foram dentro do Nilton Santos.

BOTAFOGO X G-6 DO BRASILEIRÃO
 
APROVEITAMENTO771122VITÓRIASEMPATESDERROTAS02468
Fonte: GloboEsporte.com

Vitórias: 7

Botafogo 2 x 0 Ponte Preta (2º lugar)
Chapecoense (4º lugar) 0 x 2 Botafogo
Botafogo 3 x 1 Vasco (6º lugar)
Botafogo 2 x 1 Sport (5º lugar)
Botafogo 1 x 0 Grêmio (2º lugar)
Botafogo 2 x 0 Flamengo (5º lugar)
Botafogo 2 x 0 Santos (3º lugar)

 Empates: 1

Botafogo 2 x 2 Coritiba (3º lugar)

Derrotas: 2

Corinthians (1º lugar) 1 x 0 Botafogo
Botafogo 1 x 2 Palmeiras (4º lugar)

Aproveitamento: 73,3%

Filtrando o universo da pesquisa apenas para times que estavam na zona de classificação para a Libertadores quando enfrentaram o Botafogo, o desempenho alvinegro fica ainda maior. Se tivesse o mesmo aproveitamento contra as equipes do Z-4, hoje teria 46 pontos e estaria empatado com o Grêmio no terceiro lugar.

Fonte: GE

Sobre o autor