Sorte, sucesso e Sidão

Quando o Campeonato Brasileiro começou confesso ter ficado feliz e triste. Feliz por termos o Jefferson como goleiro e triste porque ele não havia sido convocado para a seleção, em uma das maiores injustiças já vistas nos últimos anos. Logo depois veio a contusão do mesmo e com...

2003 e 2015 – Uma olhada no espelho

Estamos vendo um outro time, um outro Botafogo. Esse Botafogo começa o ano com um grande peso e responsabilidade nas costas e todos aqueles que chegam dizem que o planejamento é trazer o Botafogo novamente para a série A. E nesse momento em que as coisas começam a se desenhar, é...